Acesse o Portal CIIC

Comunicado – Avaliação na Educação Remota

Senhores Pais e Responsáveis:

Esclarecimentos sobre o processo avaliativo da Educação Infantil ao Ensino Médio no período de ensino remoto.

Vivemos, hoje, um momento atípico em nossas vidas e na escola não é diferente. Temos a Esperança de que tudo vai passar e que no final estaremos mais fortes e teremos, com certeza, aprendido muito com todas as experiências e desafios. Sem dúvida, nossa comunidade educativa tem vivido uma realidade muito diferente, mas muito rica. Todos estamos aprendendo nesse novo processo.

Também, sabemos que pós-pandemia, na volta de um “novo normal” teremos de lidar com uma realidade em que não será possível, ao menos de forma imediata, submeter nossos educandos ao formato de avaliações até então aplicadas antes da COVID-19.

Sendo assim, os estudos, aprofundamentos e reflexões acerca da avaliação (iniciados em 2018 quando a Rede Santa Paulina de Educação consolidou o Plano Curricular Geral) estão sendo, hoje, colocados em prática na nossa escola.

Acreditamos em uma avaliação que faça sentido, que promova o engajamento dos educandos. Nessa nova realidade sabemos que o formato de avaliações que seguíamos já não é mais possível. Precisamos trabalhar com a autoria, o protagonismo e a produção. Avaliar as habilidades que são dia a dia adquiridas e com isso adotar ferramentas de avaliação pautadas em um ensino cuja modalidade é diferente (educação remota), mas que deverá assegurar uma excelente qualidade de ensino, com professores bem formados e orientados para levar à frente um processo avaliativo que seja coerente na Educação Remota.

Para nós, a avaliação é um processo de construção contínua nas aulas e nas relações estabelecidas entre alunos e professores no processo de ensino-aprendizagem. Nesse sentido, os educandos serão avaliados de forma contínua e constante da Educação Infantil ao Ensino Médio.

Portanto, as avaliações serão diagnósticas, processuais, formativas e somativas.

Vale lembrar que na Educação infantil, já adotamos o Parecer Descritivo como forma de acompanhar a evolução da criança, por meio dos registros dos processos educativos, sua interação e participação.

Do Ensino Fundamental ao Ensino Médio os professores determinarão os instrumentos de avaliação a serem adotados, assim como, os critérios numéricos a eles atribuídos (Regimento Escolar). Durante as aulas essas informações serão passadas de forma clara para que todos estejam cientes. As atividades serão agendadas no aplicativo Rede Santa Paulina Edu.

Após cada atividade avaliativa será dado o feedback e aplicada a recuperação.

Os critérios numéricos atribuídos para cada atividade deverão, ao final do processo, somar 10,0 pontos e a média atingida será a soma das atividades elencadas pelos professores que serão feitas durante o trimestre.

As provas parciais que foram aplicadas antes de 16 de março serão consideradas e nesse caso os 7,0 pontos restantes serão completados com as avaliações processuais. Para as disciplinas que não conseguiram aplicar suas parciais as atividades avaliativas somarão 10,0 pontos. No caso de avaliações substitutivas das parciais os professores aplicarão atividades equivalentes.

Dentro desse novo cenário o empenho, engajamento e a participação dos educandos nas aulas e nas atividades será fundamental para o seu bom desempenho, pois a avaliação não estará pautada apenas em questões acadêmicas. Sendo assim, as atitudes proativas dos educandos são importantes e, também, serão avaliadas.

O tempo de hoje é um tempo que vai para uma procura aguerrida de poder passar por tudo isso e deixar claro que Ensinar e Aprender não pode dar-se fora da procura e fora da alegria, mesmo que em tempos difíceis.

Que Santa Paulina, cubra de bênçãos todas as famílias.

Atenciosamente,

Colégio Regina Mundi